Corpo de mulher atacada na L2 Sul é encontrado

0
27

A 6ª Delegacia de Polícia (DP) recebeu um print da família que mostrava a última localização do celular da mulher no meio do Lago Paranoá

Na tarde desta terça-feira (3), agentes da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) encontraram o corpo de Pedrolina Silva, 50 anos, em um matagal na Asa Sul. Ela desapareceu ao sair do Paranoá, no último domingo, para se encontrar com amigas para irem ao Clube Assefaz.

Ela e as amigas haviam combinado de se encontrar na para de ônibus em frente à UNIEURO, na Asa Sul, às 9h30. No entanto, assim que a amiga chegou ao local, não conseguiu mais contato com a vítima. A 6ª Delegacia de Polícia (DP) recebeu um print da família que mostrava a última localização do celular da mulher no meio do Lago Paranoá.

Câmeras de segurança da UNIEURO, apontadas para a parada de ônibus, mostram o momento em que Pedrolina é atacada, entra em luta corporal e é arrastada. Logo em seguida, ciclistas passam em alta velocidade pelo local.

Foto: Pedro Marra/Jornal de Brasília

Com o apoio do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) o corpo foi encontrado na tarde desta terça-feira, já sem vida. O local será periciado e a 6ª DP fará as investigações com parceria da 1ª DP. O local será periciado e a apuração será conjunta entre 6a DP e 1a DP.

O grupo de amigas que ia se encontrar com Pedronila está reunido na região. A área está isolada a 30 metros de onde o corpo foi encontrado. “Ela estava com o vestido levantado até a altura das costas, e com a calcinha preta à mostra. Mas não tinha sinais de violência sexual. Ele a levou pra perto da ponte Costa e Silva, e depois que a matou, jogou o celular dela no Lago”, diz Cláudia Regina, 42 anos, amiga próxima de Pedronila.

Foto: Pedro Marra/Jornal de Brasília

Confira o vídeo: 

Aguarde mais informações

 

Fonte: https://jornaldebrasilia.com.br/cidades/video-corpo-de-mulher-atacada-na-l2-sul-e-encontrado/

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here